Por que pré-requisitos exagerados não geram indignação como o programa de Trainee da Magazine Luiza provocou na última semana?

Compartilhe esse post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Imagino que você já tenha lido em algum anúncio de processos seletivos exigências de pré- requisitos quase impossíveis de encontrar, uma busca pelo candidato perfeito.

Vagas de Estágio que exigem experiências, conhecimentos técnicos. O que foge totalmente do objetivo do estágio, que deveria servir como aprendizado prático para atividade profissional do ainda estudante, convém lembrar.

Ou vagas para profissionais, com exigência de pós-graduação, experiência em várias atividades com remuneração abaixo de R$ 1.500,00.

Ao se deparar com anúncios como estes, você lembra de ter visto alguma manifestação a respeito da vaga ou empresa?

A Magazine Luiza lançou no dia 18/09/2020 o Programa de Trainee exclusivo para profissionais negros e desde então foram realizados ataques a empresa, acusando-a de crime de racismo.

Várias denúncias foram feitas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo, que indeferiu todas as acusações. O entendimento é que a Magazine Luiza realiza com seu programa uma “reparação histórica”.

Frederico Trajano, presidente da Magazine Luiza, disse em entrevista que em 15 anos o programa de trainee formou 250 profissionais dos quais apenas 10 eram negros.

Um estudo realizado pelo Instituto Ethos em 2015 intitulado PERFIL SOCIAL, RACIAL E DE GÊNERO DAS 500 MAIORES EMPRESAS DO BRASIL E SUAS AÇÕES AFIRMATIVAS, trouxe como resultado que os negros são maioria ou possui um quantitativo mais equilibrado nos cargos de aprendizes, estagiários e Trainee. A partir disso, sua participação vai diminuindo de 35,7% no quadro funcional a 4,9% de participação em Conselhos administrativos.

O objetivo do programa de Trainee da Magazine Luiza, bem como de outras instituições que o vem fazendo, é importante. Pois além de gerar discussão a respeito do tema, possibilita que a população negra tenha acesso ao mercado de trabalho. E ações como está devem ser apoiadas por todos!

Fontes:
https://exame.com/negocios/mpt-conclui-que-trainee-para-negros-do-magalu-e-reparacao-historica/
https://exame.com/carreira/entenda-porque-o-trainee-da-bayer-e-do-magalu-para-negros-nao-e-racista/

Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 maiores empresas do Brasil e suas ações afirmativas. Instituto Ethos.
Publicado em: 15/05/2016. Disponível: https://www.ethos.org.br/cedoc/perfil-social-racial-e-de-genero-das-500-maiores-empresas-do-bras/8il-e-suas-acoes-afirmativas/

Compartilhe esse post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Instituto Eu Consigo

Instituto Eu Consigo

Deixe seu comentário

Veja o conteúdo que poderá te ajudar na recolocação

Por que pré-requisitos exagerados não geram indignação como o programa de Trainee da Magazine Luiza provocou na última semana?

Imagino que você já tenha lido em algum anúncio de processos seletivos exigências de pré-
requisitos quase impossíveis de encontrar, uma busca pelo candidato perfeito.

Vagas de Estágio que exigem experiências, conhecimentos técnicos. O que foge totalmente
do objetivo do estágio, que deveria servir como aprendizado prático para atividade
profissional do ainda estudante, convém lembrar.

Ler mais »

Sobre nós

O Instituto Eu Consigo é uma instituição sem fins lucrativos que visa auxiliar, através de assessorias e orientações gratuitas, pessoas desempregadas em busca de recolocação no mercado de trabalho.

Curta nossa página